Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
Rastrear minha compra
23/01/2023

Desenvolvimento do bebê de 0 a 12 meses

O bebê chegou e com ele muitas mudanças e adaptações na família, a cozinha ganha novos acessórios, a sala passa a ser lugar de brinquedos, paninhos, carrinho e cadeirinhas, aos poucos o novo normal se estabelece, só para mudar de novo. Afinal, o bebê cresce e se desenvolve sem parar!

O primeiro ano do bebê é bem parecido com um passeio em uma montanha russa, cheio de altos e baixos, de aventuras, gritos de alegria e susto! Cada fase é cheia de emoções, desafios e conquistas, à medida que o bebê cresce adquire habilidades e melhora seu desenvolvimento motor e cognitivo.


De 0 a 2 meses

Um período de muita adaptação, a chegada do bebê causa uma reviravolta na vida de todos da família, principalmente da mãe. Enquanto vocês se conhecem, é tempo de observar as características do seu bebê, é assim que saberá os melhores caminhos e quais dicas se aplicam a sua família.

O bebê também está se adaptando ao mundo externo, se acostumando com sons, luzes, contato, nessa fase, pode estimulá-lo com brinquedos com contraste de cor para desenvolver a visão e os movimentos do pescoço, que aos poucos ele passa a conseguir sustentar.

De 2 a 4 meses  

Agora que o bebê tem um controle muscular maior já acompanha movimentos, se interessa por tudo e até tenta e pode conseguir pegar objetos. Brinquedos que fazem barulhos, fáceis de segurar são uma boa opção.

Expor brinquedos e objetos de cores e texturas diferentes é um estímulo legal para a fase. Somente se certifique de que estão limpos e são seguros, pois, certamente, serão levados à boca. Nesse momento eles também descobrem a própria voz, começam a produzir aqueles barulhinhos fofos e dão os sorrisos mais lindos do mundo.

Converse, brinque e curtam essa conexão que cresce cada vez mais entre vocês.

De 4 a 6 meses  

O bebê, cada vez mais ativo, responde aos estímulos das pessoas à sua volta e passa mais tempo acordado. Com um controle muscular bem mais desenvolvido pode ser estimulado a rolar e até a ficar sentadinho.

Na posição de bruço, em uma superfície segura, coloque brinquedos à sua volta para tentar alcançá-los, brincar de encontrar o som da sua voz, também é divertido e estimula o movimento do pescoço. Os dentinhos podem começar a aparecer e coçar a gengiva é normal, ofereça mordedores para ajudar.

De 6 a 9 meses

Deixe o bebê ficar no chão, explorando seus movimentos e habilidades que estão surgindo. Nessa fase o desenvolvimento motor está a todo vapor, ele senta sem apoio, começa a se movimentar e até engatinhar, sustentando seu peso nos joelhos e nas mãos. Também já consegue segurar objetos de forma mais segura e por mais tempo.

De 9 meses a 1 ano

A interação com o bebê é muito maior e mais clara, ele demonstra seus sentimentos e tenta agradar, faz até sons e gracinhas para chamar atenção. As primeiras palavrinhas e um pequeno repertório crescem aos poucos. O bebê começa a se preparar para ficar em pé e dar seus primeiros passos.

Bater palminhas, acenar, mandar beijo e fazer gestos de músicas são um dos ganhos mais fofinhos da fase. Ofereça brinquedos que despertem seu interesse, leia livrinhos, converse e se divirtam muito juntos.

O primeiro ano é cheio de novidades, o bebê cresce e aprende coisas novas todos os dias, também é um tempo de adaptações constantes, respire fundo sempre que precisar, algumas fases são desafiadoras mesmo.

Estimule e dê oportunidade, mas tenha paciência e não se esqueça que os bebês podem desenvolver algumas dessas habilidades antes, ou depois, tudo varia de um para o outro. Somos todos seres únicos e diferentes uns dos outros. Caso esteja incomodada ou suspeitando de um atraso converse com sua pediatra para esclarecer.

Aproveite cada momento que tiverem juntos com atenção e presença real, quanto mais acolhido e conectado com você seu bebê se sentir, mais seguro ele vai estar para se desenvolver e crescer. Quando dizem que passa voando, não é mentira, passa mesmo. Então curta, ame e se divirta junto com ele em cada fase.